O Opus Dei no Brasil

Início do Opus Dei no Brasil

Em 1957, as primeiras pessoas do Opus Dei chegaram ao Brasil e foram recebidas com muito carinho. Não é à toa que, em 1974, quando São Josemaria Escrivá veio visitar o nosso país, disse: “O Brasil! A primeira coisa que vi foi uma mãe grande, formosa, fecunda, terna, que abre os braços a todos, sem distinção de línguas, de raças, de nações, e a todos chama filhos”.

Entre as primeiras mulheres da Obra que vieram para o Brasil estão: Gabriela Malvar Fonseca (professora), Rosário Alonso (nutricionista) e Maria Clara Constantino (professora de filosofia).

São Josemaria Escrivá no Brasil

São Josemaria Escrivá no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida

Na época em que nos visitou, a Obra estava presente apenas em São Paulo. Ele mesmo incentivou que começassem atividades regulares em outras cidades. Com isso, a partir de 1975 iniciaram no Rio de Janeiro, Curitiba, Brasília, Porto Alegre, Belo Horizonte, Campinas, Londrina, Niterói, São José dos Campos e Ribeirão Preto.

A última cidade que recebeu um Centro do Opus Dei foi Fortaleza. Mesmo com a presença regular ainda em poucas cidades, é muito comum que pessoas da Obra promovam atividades em outras cidades: palestras entre amigos, conferências, encontros, etc.

Para mais informações sobre o Opus Dei no Brasil acesse o site: www.opusdei.org.br